Definição direito internacional

O direito internacional é constituído pelas normas legais internacionais que regulam as leis dos Estados . Acordos e tratados internacionais, notas diplomáticas, emendas e protocolos fazem parte deste ramo do direito .

Direito internacional

No que diz respeito aos tratados internacionais acima mencionados, é importante ter em mente que eles têm que ser feitos por escrito, como regra geral, embora seja verdade que há também alguns que são baseados basicamente no que tem sido um acordo verbal entre os estados.

Além de tudo isso, devemos enfatizar que existem diferentes tipos de tratados internacionais. Assim, podemos fazer classificações deles com base no assunto com o qual eles estão lidando, a duração do mesmo, o tipo de obrigações que eles impõem para ambas as partes ou o fato de que eles permitem a adesão de novos membros a eles. Desta forma, nos encontraríamos com tratados políticos internacionais, de duração fixa, tratados de direito, tratados abertos, tratados comerciais ...

Da mesma forma, não podemos ignorar que, ao realizar o estabelecimento de um tratado internacional, é necessário cumprir as seguintes fases: negociação, a adoção usual do texto, a autenticação correspondente e, finalmente, a provisão. de consentimento. Um benefício que pode ser simplificado ou solene.

Entre os mais recentes e mais importantes e importantes tratados internacionais, destacamos, por exemplo, o Tratado de Segurança do Pacífico datado de 1951, o Tratado de Mísseis Antibalísticos de 1972, o Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares. 1996 ou o famoso Protocolo de Kyoto que foi assinado em 1997 e que gira em torno do que é a mudança climática.

As normas pertencentes ao direito internacional podem ser bilaterais (entre duas partes) ou multilaterais (mais de duas partes). Os Estados geralmente se comprometem a aplicar esses padrões em seus próprios territórios e com um status superior aos padrões nacionais.

O antecedente mais remoto de um acordo de direito internacional ocorreu em 3.200 aC, quando as cidades caldeus de Lagash e Umma concordaram em delimitar suas fronteiras após uma guerra . De um modo geral, o direito internacional sempre se concentrou em preservar a paz e prevenir a eclosão de conflitos armados.

O direito internacional pode ser dividido em público e privado. O direito internacional público supõe o conjunto de princípios que regulam as relações jurídicas dos Estados entre si. Indivíduos, portanto, não são sujeitos imediatos de suas normas.

O direito internacional privado, por sua vez, tem como objetivo principal a resolução de conflitos de jurisdição internacional. É responsável por definir qual é a lei aplicável e determinar o status legal dos estrangeiros.

Outro ramo do direito internacional é o direito internacional humanitário . Neste caso, são as regras que, em tempos de guerra, protegem os civis que não fazem parte do conflito. O Direito Internacional Humanitário procura limitar o sofrimento humano inerente aos confrontos armados.

Recomendado
  • definição: discrepância

    discrepância

    A palavra latina discrepantia chegou ao espanhol como uma discrepância . Isso é chamado de desacordo ou discordância que surge de uma ação ou opinião . Por exemplo: "A discrepância política é normal, mas não devemos ficar sem respeito" , "Há uma discrepância dentro da família sobre o que fazer com o dinheiro" , "O possível recrutamento do controverso jogador gerou discrepâncias em o conselho de administração do clube " . É possível que
  • definição: enclave

    enclave

    Um enclave é um território que é cercado por outro que tem características diferentes em termos de sua administração, seu regime político ou sua cultura. A noção também nos permite aludir a um grupo humano inserido em outro com características diferentes das suas. Pode-se afirmar que um enclave é uma região de uma certa jurisdição territorial, que é completamente cercada por terras de outra jurisdição. Pode ser um país
  • definição: biogênese

    biogênese

    A noção de biogênese é usada no campo da biologia para nomear o princípio que indica que um organismo vivo sempre vem de outro organismo vivo . O termo também se refere à fabricação e processamento de substâncias químicas que os seres vivos desenvolvem. A biogênese, portanto, pode se referir ao processo que leva à "produção" de um novo organismo com a vida . Uma galinha p
  • definição: isquiotibiais

    isquiotibiais

    Os isquiotibiais são os músculos que estão na parte de trás da perna . Eles surgem no osso do quadril que é chamado de ísquio e são inseridos na fíbula e na tíbia . O nervo ciático é responsável pela inervação dos músculos isquiotibiais, que desempenham várias funções em ações como saltar e correr. Os isquiotibiais s
  • definição: hardware

    hardware

    A origem etimológica do termo hardware que vamos agora analisar em profundidade é claramente encontrada em inglês. E isso é que é moldado pela união de duas palavras da língua anglo-saxônica: hard que pode ser traduzido como "hard" e ware que é sinônimo de "coisas". A Royal Spanish Academy define hardware como o conjunto de componentes que compõem a parte material ( física ) de um computador, ao contrário do software que se refere a componentes lógicos ( intangíveis ). No entanto, o
  • definição: testamento

    testamento

    O termo latino testamentum tornou-se, em castelhano, em testamento . A noção refere-se ao testemunho escrito de que uma pessoa deixa para expressar sua última vontade , decidindo como seus bens serão compartilhados quando ela morrer. Por exemplo: "Em seu testamento, o cantor decidiu que sua luxuosa mansão de Malibu seria para seu sobrinho Miguel" , "já escrevi meu testamento: é mantido pelo meu advogado, que só fará saber quando eu morrer" , "Surpresa". pelo te